quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Revista Veja - 23.09.1987: Finalmente a chegada do CD ao Consumidor Brasileiro!!


Matéria meio com cara de "encomendada" e que contém algumas informações de caráter duvidoso, ao lado de muitas informações interessantes.
Dentre as de caráter duvidoso, destacaria a frase que diz que "O CD pode ser submetido aos piores tratos sem sofrer sequer um arranhão"...
Essas páginas foram desfalcadas de um exemplar da revista Veja do meu "avô emprestado" - segundo marido de minha avó - (hoje falecido).. Eu tinha 13 anos quanto fiz tal peripécia... Um dos primeiros títulos de música nacional a ser lançado em CD, foi o disco de Gal Costa da Série Personalidade. Bem, na época eu comprei o LP correspondente desse título. E dentro da capa do mesmo guardei cuidadosamente essa reportagem que tantos anos depois ainda se encontra "intacta" como podem observar rsrs....
É uma verdadeira preciosidade..


7 comentários:

boa disse...

QUEM OUVE SEU CANTOR OU ORQUESTRA FAVORITOS EM CD PASSA A ACHAR
QUE SUA DISCOTECA SE TRANSFORMOU ,NUM PISCAR DE OLHOS , NUMA RELÍQUIA
DA PRE-HISTÓRIA DO SOM !!! MEU DEUS ,, QUANTA BABOSEIRAS E MENTIRAS FORAM DITAS !!!!


AUSTRAGÉSILO .

José Augusto disse...

A indústria investiu pesado no lançamento do CD, era muito dinheiro em jogo, assim fizeram de tudo para garantir o sucesso do CD. Até mentiras eles contaram!

Thys disse...

Essa história da indestrutibilidade do CD... Já li isso na SOMTRES de 1979. Não sei de onde tiraram essa idéia. O Pior é que agente acreditava. Ora bolas, como um pedaço de plástico pode ser indestrutível ? Eramos jovens e crédulos...

Thys disse...

Me lembrei agora de quando o CD começou a ficar popular. Muita gente comprou e quando foi comparar com o original em vinil, não era a qualidade sonora que era questionada, mas a impressão que havia é que a obra havia sido alterada musicalmente. Verdade ? Mentira ? Paranóia ? Já não lembro mais. Também não sei se a essa altura ainda importa...

Gzork ;-P disse...

Meus caros amigos...
Não podemos nos esquecer que a propaganda é a alma (nefasta) do negócio.
Nunca vi um comercial dizendo que o produto era de qualidade duvidosa e, por isso, deveria ser adquirido... rsrsrs
Tudo é feito para adoçar, explorar, multiplicar e aguçar nosso desejo de consumo. Por isso que nunca compro uma novidade: deixo sempre a galera mais afoita testar para, então, eu chegar a algumas conclusões.
No mais, deixo aqui registrado um trecho muito encontrado em contra-capas dos LP's da CBS nos idos de 60 e tanto: (...)"V.S. pode comprar êste disco sem o mais leve receio de que venha a tornar-se obsoleto no futuro." (SIC)
Durma-se com um barulho desses!
Abraços.

Huguinhu K.. disse...

Oi Gzork!
Belíssima citação essa sua dos discos CBS. É bem por ai mesmo hehehe...
Bom.. o mundo da voltas. Agora o LP voltou a virar moda e o CD perdeu todo o status, pois se transformou em algo descartável.

Eduardo disse...

Vim aqui por causa do seu comentário na página do Mauro Ferreira!